Invasão do Mundo: Batalha de Los Angeles

Posted on Posted in Ação
Título Original: Battle: LA

Por que assistir a Invasão do mundo: Batalha de Los Angeles? Porque você é fan de filmes de guerra, se colocarem uns alien no meio então, melhor ainda.
Se você estava lutando contra alien que querem dominar o mundo, saiba que: o que não passava de teorias conspiratórias sobre UFO’s avistados ao redor do mundo, se torna uma terrível realidade quando forças desconhecidas atacam a aterra. Quando as grandes cidades do mundo caem, Los Angeles se torna a última esperança da humanidade, resta a marinha defendê-la.
Tá, e o filme? Uma experiência satisfatória de cinema se baseia em um princípio, o da suspensão da descrença, que diz que o espectador entra na sala escura pronto para acreditar em qualquer baboseira que os roteiristas tenham preparado para ele contanto que mantenha-se um nível de verossimilhança (coerência interna da história). Um princípio que essa cruza de Independence day com Guerra ao Terror não consegue aplicar. As duas horas de projeção só não são dolorosas porque você vai se pegar pensando no que vai fazer para a janta, no que comprar para sua tia que está de aniversário daqui 3 meses, e por onde anda aquele seu amigo de infância que você não vê a trinta anos. Entre os péssimos diálogos e as cenas de ação desenfreada em que os aliens mal aparecerem, só resta mesmo divagar sobre a vida.
   Não teve história triste, apelo a instinto maternal, heroísmo ou virgindade que fizesse eu me importar com o destino dos soldados, do filme ou de Los Angeles.
Vale a pipoca? Só se você precisa de um tempo longe do mundo para fazer sua contabilidade, mas a escuridão da sala de cinema não vai ajudar muito.
O que eu aprendi com Invasão do mundo: Batalha de Los Angeles?
- Se o título é grande e cansativo, as chances de o filme ser grande e cansativo aumentam.
- Guerra e Aliens não são o suficiente para se fazer um filme assistível. Também é necessário roteiro.
- Filmes em que a Califórnia vai para o saco primeiro, são mais interessantes.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *