Invictus – 2009

Posted on Posted in Drama

Pôster: Invictus
Morgan Freeman interpreta Nelson Mandela em filme sobre esportes.

Por que assistir Invictus? Porque você gosta de rugby, ou de filmes esportivos. Porque não á para escapar do Matt Damon em filmes esses dias. Porque você acha que só mesmo o Morgan Freeman para interpretar Nelson Mandela.

Se você é um preso político recém libertado, saiba que: o filme conta a história do time de rugby sul-americano que incentivado pelo recém eleito Nelson Mandela supera todas as expectativas na copa mundial de rugby em 1995.

Tá, e o filme? A princípio é difícil engolir Morgan Freeman, cara mais conhecida impossível interpretando Nelson Mandela e ele não ajuda com seus trejeitos, mas se o próprio Mandiba deu sua benção, quem sou eu para questionar? De fato, entre os atores conhecidos de Hollywood melhor que seja Freeman a encarar o papel.

Ainda assim, o filme que devia tratar de política acaba caindo no clichê do filme de esportes, com o capitão dedicado, o time em que ninguém acredita, com razão, e o cara chato da mídia que só sabe reclamar e leva uma bela cortada no final. Tudo isso numa direção estranha, sem sal e, em momentos, insegura de Clint Eastwood.

Se a história é interessante, os planos pouco inspirados, as brincadeiras do Mandela caricato de Freeman e as cenas de mau-gosto em que o personagem de Damon vê Mandela na prisão vazia em que passou boa parte da sua vida, formam um filme de gosto para lá de duvidoso.

O que eu aprendi com Invictus?

– Pão e circo. A melhor política inventada até hoje, usada pelos bons e pelos maus.
– Presidentes também são gente.
– O time que tem tudo para perder realmente pode ganhar fora dos filmes de esporte.
– Se você acha o Oscar ridículo por ter indicado Morgan Freeman e Matt Damon a prêmios de melhores atores, saiba que o Golden ainda indicou Clint Eastwood.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *